| Gostei da Notícia ([[SeePeople]] gostaram)

Sete filmes do diretor Toni Venturi são lançados em VOD

Obra do cineasta já está disponível nas lojas digitais

A obra cinematográfica do diretor brasileiro Toni Venturi será lançada nas plataformas digitais iTunes, Google Play e NOW pela O2 Play simultaneamente no próximo dia 25 de janeiro. É a primeira vez que os filmes do cineasta estarão disponíveis em VOD (Video On Demand) facilitando o acesso do público às produções. Serão sete títulos ao todo, sendo quatro documentários, que receberam 65 prêmios em festivais nacionais e internacionais. Entre os destaques estão “Rita Cadillac - A Lady do Povo”, sobre a chacrete mais conhecida do Brasil, e o drama “Estamos Juntos” com Cauã Reymond, Leandra Leal e Dira Paes.

Venturi foi um dos criadores e diretores da série de micro documentários “Gente que Faz”, produzida nos anos 90. Nascido em São Paulo, formou-se em cinema na Ryerson University, Toronto, Canadá.

 

“É uma grande satisfação disponibilizar todos os meus longas porque a maioria deles está há tempos indisponível no mercado”, avalia o diretor, que chama a atenção para o uso didático dos filmes em escolas e universidades. “Dia de Festa, sobre as mulheres do movimento Sem-Teto, é utilizado nas faculdades de arquitetura. O Velho - A História de Luiz Carlos Prestes é discutido em salas de aula porque faz um resumo dos principais movimentos políticos do século XX no Brasil. Nessa mesma linha, Cabra-Cega gera debate nas aulas quando o foco é a ditadura militar. Vocacional - Uma Aventura Humana é uma ferramenta motivacional para professores e nos cursos de licenciatura. Latitude Zero, até agora um filme muito difícil de ser encontrado, é um ótimo gatilho para iniciar uma reflexão sobre o machismo e o empoderamento da mulher. Enfim, é um orgulho poder disponibilizar digitalmente e em alta qualidade a minha obra para as pessoas”, comenta Venturi.

 

Filmes

O documentário “O Velho- A História de Luiz Carlos Prestes” traz depoimentos de Carlos Heitor Cony, Eliane Brum, Fernando Gabeira, Dona Maria Prestes, Ferreira Gullar e do próprio Prestes, entre outros, e cobre a trajetória de vida do Cavaleiro da Esperança, desde o movimento tenentista quando se deu o surgimento do mito nos idos de 1920 até sua participação na redemocratização do país. A abertura dos arquivos de Moscou lançou luz sobre fatos da nossa história que sempre estiveram envoltos nas brumas da dúvida e do desconhecimento. A narração é de Paulo José. Ganhou o prêmio de Melhor Filme no 2º Festival É Tudo Verdade de 1996.

O drama “Latitude Zero” conta uma história de amor visceral em um garimpo abandonado no coração do Planalto Central. Rodado em Poconé, MT, em 1999, um dos raros filmes da cinematografia mundial com somente dois personagens. No elenco, Débora Duboc e Claudio Jaborandy. O filme participou da seleção oficial do 51º Festival de Berlin em 2001 e do Contemporary World Cinema no 26º Festival Internacional de Toronto no mesmo ano. Em Portugal em 2002 levou o Prêmio Júri da Juventude no 4º Festival de Cinema de Famalicão e de Melhor Atriz em Kiev e Miami.

O longa-metragem “Cabra-Cega” mostra a história de amor entre Tiago (Leonardo Medeiros), ex-líder estudantil que optou pela luta armada, e Rosa (Débora Duboc), enfermeira e filha de operário comunista do interior de São Paulo. O filme revela um país amordaçado, vivendo um período de censura, imposições e provações. Um mergulho subjetivo numa época de exceção, que traz emoções muito pertinentes aos dias de hoje. O filme levou os prêmios de melhor direção, arte, ator, roteiro e filme do júri popular no 37º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro em 2004. Foi eleito o Melhor Filme Latino no 3° Syracuse International Film Festival, de 2006.

Dirigido por Toni Venturi e Pablo Giorgieff, o documentário “Dia de Festa” acompanha os dias que antecederam e sucederam as sete ocupações simultâneas de prédios abandonados ocorridas em outubro de 2004 em São Paulo. São cenas de uma cidade em guerra, ocupada pela polícia e vistas através do olhar sensível de quatro mulheres negras, coordenadoras do MSTC, movimento dos Sem-Teto. O filme recebeu o Prêmio Especial do Júri da 33ª Jornada da Bahia em 2006.

 

A chacrete mais famosa do Brasil é o tema do documentário “Rita Cadillac - A Lady do Povo”, que revela os principais momentos da vida e carreira da vedete através de depoimentos e imagens inéditas, que resgatam um rico material de arquivo, desde os anos 80 como dançarina em “O Cassino do Chacrinha” até os pornôs da década passada. O filme contrapõe o lado midiático do símbolo sexual brasileiro com o lado caseiro e cotidiano, numa reflexão sobre a tênue linha que separa a celebridade da mulher real.

O drama “Estamos Juntos” é uma viagem para dentro da aparência das coisas. Um passeio pelo universo do acaso, que reinventa e desdobra as possibilidades da vida. Para a jovem médica-residente Carmen (Leandra Leal), o mundo começava a moldar-se conforme seus planos. Uma vida independente na agitada São Paulo, ao lado de seu amigo gay DJ (Cauã Raymond), uma aventura amorosa com um impetuoso músico argentino (Nazareno Casero) e uma relação de intimidade com um enigmático homem (Lee Taylor). A aparição de sintomas de uma doença grave faz a vida de Carmem se transformar, para sempre. Também no elenco estão Dira Paes, Débora Duboc, Erika Ribeiro e Sidney Santiago. O filme ganhou 7 prêmios 15º Cine-PE em 2011 e foi agraciado com os prêmios de Melhor Atriz e Ator Coadjuvante no 6º BRAFFT - Festival de Cinema Brasileiro de Toronto, Canadá em 2012.

“Vocacional – Uma Aventura Humana” é um documentário que revisita a história dos colégios Vocacionais do estado de São Paulo que na década de 60 foram reprimidos pela ditadura militar. Concebidos por Maria Nilde Mascellani, uma das mais importantes pedagogas contemporâneas, os ginásios tinham uma proposta à frente do seu tempo: fazer o aluno pensar, trabalhar em grupo e desenvolver a sensibilidade artística e habilidades técnicas. Partindo do olhar pessoal do diretor Toni Venturi, que participou desta experiência escolar, e contando com os depoimentos emocionados de vários ex-alunos e ex-professores, o filme permite uma reflexão sobre os descaminhos a que o regime autoritário levou a educação pública no país. Ao olhar criticamente para o passado, a obra contribui para a compreensão da precariedade do ensino público atual e seus desafios para o futuro.

Trailer dos filmes

O Velho - A História de Luiz Carlos Prestes https://www.youtube.com/watch?v=CzVU6yVcwNU

Latitude Zero - https://www.youtube.com/watch?v=dR74NMlt_4Y

Cabra-Cega - https://www.youtube.com/watch?v=jxROjeOvGqo

Dia de Festa - https://www.youtube.com/watch?v=rPOazTzS24s

Rita Cadillac - A Lady do Povo- https://www.youtube.com/watch?v=S2_cr6_TplE

Estamos Juntos - https://www.youtube.com/watch?v=DtnR8nSNhcU

Vocacional – Uma Aventura Humana - https://www.youtube.com/watch?v=gO-y-kwYhfE



Autor: Guilherme Mendes Ayala | Facebook

Gerente de Marketing e publicitário. Apaixonado por cinema, séries, animes, mangás... ok muita coisa. E claro, um bom som!


Conte-nos o que você achou da notícia:

Você precisa estar cadastrado em nosso site para deixar o seu comentário.

Conte-nos o que você achou da notícia:

[[commentAlert.message]]